Saúde Holística e Alternativa voltado ao desenvolvimento Humano

terça-feira, 11 de julho de 2017


Você consegue passar um dia sem mentir?

Se sua resposta foi não, sugiro que faça uma breve reavaliação do seu comportamento e tente mudar este hábito.

Cada vez mais as pessoas veem as pequenas mentiras do dia a dia como um comportamento comum, chegando num ponto onde é mais fácil criar uma mentira a falar a verdade.

Falar a verdade é bem mais fácil pois não há do que se esconder, sem contar que neste caso nem há necessidade de perder tempo quebrando a cabeça para a sua versão dos fatos fazer sentido.

Se acredita que algo deva se manter em segredo, fica mais fácil ficar sem falar do assunto ou sair pela tangente, pois palavras pronunciadas não tem como voltar atrás.

Pense sempre antes de falar e mantenha sua credibilidade inabalável.

Se perceber que realmente não consegue driblar essa situação, procure ajuda profissional.


Imagem: Google


Proposta de exercício

Imagine que nos comuniquemos por telepatia, onde todos só se olham e já sabem tudo que se passa na mente um do outro. Pense em como reagiria dentro dessa realidade e o que falaria.

Vai perceber que de forma alguma precisamos falar desesperadamente sem pensar.

Outra dica bem bacana é respirar antes de responder, já que o ar oxigena o cérebro!


Binha Martins




sexta-feira, 2 de dezembro de 2016


imagem: Google


A Natureza nos dá sinais a todo momento e essa forma de comunicação, bem diferente de um diálogo convencional, nos faz abrir uma série de hipóteses para uma resposta do que realmente está sendo dito.

Um ponto muito importante para analisar esse tipo de interação é ter receptividade às sensações do momento e ter conhecimento básico sobre as características do que está acontecendo.

Hoje vou escrever um pouquinho sobre as borboletas, que há muito tempo suas visitas, formas de voo e interação trazem, mesmo pequena, uma sensação de que alguma informação chegou ali, junto com elas. E para analisarmos seus significados de forma alguma devemos ter uma lista dizendo que se trata disso ou daquilo e ponto final, pois agindo assim estamos simplesmente neglicenciando a própria forma desse tipo de comunicação.

Quando recebemos um sinal da Natureza, tudo conta, mas é preciso ter feeling.
Normalmente é algo simples com características específicas para uma análise.

No caso das borboletas é a mesma coisa e temos que verificar a forma que tudo acontece.

A borboleta é um inseto do Elemento Ar, além de voar é leve, sutil...

As formas de contato podem ser de diversas maneiras:

Ela pode nos circular e ir embora... e o círculo pode ser no sentido horário ou anti-horário.
Ela pode entrar no ambiente que estamos e ali ficar por um bom tempo.
Ela pode voar rapidamente passando na frente dos nossos olhos.
Ela pode pousar em nós e\ou ficar próxima.

Sua ou suas cores também trazem uma informação, porque a Natureza interage quando há nos fatos uma harmonia fluídica como uma dança.

Então quando acontecer algo do tipo com você, analise de forma simples percebendo todo o contexto, porque é dessa forma que você vai conseguir adentrar nessa realidade.

Binha Martins




Contatos para Cursos e orientação de 
Paganismo e Magia da Natureza:  
19 991965002 (também whatsapp)
espacocomciencia@live.com





terça-feira, 15 de novembro de 2016


Foto: Laranjeiras nascendo


O que faz uma pessoa ser pagã é exatamente a sua interação e integração com a Natureza e como o indivíduo se beneficia dessa fonte.

Independente de morar na cidade ou no campo a sua conduta em respeito à Natureza se reflete no seu dia a dia, como por exemplo direcionar alimentos naturais da forma correta para que os mesmos voltem a dar vida e alimentar mais seres ou simplesmente nos dar mais sombra e oxigênio.

Isso é algo tão simples mas percebo como são poucas as pessoas que direcionam os restos de alimentos como frutas, verduras e legumes da forma correta. Você pode iniciar já!

O mais comum é a composteira, onde todos esses alimentos são jogados se tornando um abudo para depois ser usado na horta, no jardim, em vasos ou até mesmo em alguma praça próxima a sua casa.

Um outro método também é você ter um vaso grande e colocar no fundo um pouco de terra e conforme você for consumindo alimentos naturais, as cascas, sementes e caroços devem ser jogadas no vaso e sempre após jogar esses alimentos cobri-los com um pouco de terra evitando mosquitos. E vai fazendo esse processo até o vaso se encher. Lembrando que a última camada deve ser de terra. Quando começar a nascer as plantas, você pode ficar com o vaso, presenteá-lo ou até mesmo enterrar todo o conteúdo numa praça (os pássaros agradecem... rs).
Obs.: Para quem coa café sem açúcar, o pó usado pode ser usado no lugar na terra.

Viu como é fácil?
Então comece já!

Esse processo renova a vida através do cultivo dos alimentos.

Binha Martins






Contatos para Cursos sobre 
Paganismo e Magia da Natureza:
19 991965002 (também whatsapp)
espacocomciencia@live.com
Agende seu Atendimento ou Aula Fale Conosco